Blefaroplastia, a cirurgia das pálpebras Blefaroplastia, a cirurgia das pálpebras

Blog Patrícia Holderbaum

Blefaroplastia, a cirurgia das pálpebras

Na imagem aparece o perfil de uma mulher, que está deitada em uma maca, com os olhos abertos e o semblante sério. Aparecem também as mãos de um médico, usando luvas verdes e segurando instrumentos cirúrgicos próximo às pálpebras da mulher.

A blefaroplastia, também conhecida com cirurgia das pálpebras, é uma técnica cirúrgica que remove o excesso de pele e as bolsas de gordura das pálpebras superiores e inferiores, rejuvenescendo a região dos olhos e trazendo inúmeros outros benefícios ao paciente. Saiba mais no nosso artigo!

O que é blefaroplastia?

A blefaroplastia é um procedimento cirúrgico que remove o excesso de pele das pálpebras superiores e inferiores. Essa “sobra” é resultado do processo natural do envelhecimento, quando nossa pele começa a perder gordura e colágeno, ocasionando flacidez e rugas. Além da sobra de pele, a blefaroplastia também remove as bolsas de gordura que se formam nas pálpebras inferiores. E é essa combinação de gordura e flacidez que faz com que o semblante seja de cansaço e tristeza, dando a impressão de que a pessoa é mais velha do que sua idade biológica.

Como funciona a blefaroplastia?

Antes de qualquer coisa, o paciente passa por uma avaliação médica, para determinar o grau de flacidez e se a intervenção é necessária somente na pálpebra inferior, somente na superior, ou em ambas. A cirurgia pode ser realizada com anestesia local e não necessita de internação. O procedimento começa com o médico fazendo demarcações nas pálpebras do paciente, para determinar os locais onde a pele e as bolsas de gordura serão removidas, e em seguida faz as incisões nos locais predeterminados, que variam conforme o grau de flacidez, as bolsas de gordura e as feições do paciente, para que o resultado seja natural.

As cicatrizes da blefaroplastia ficam escondidas no côncavo da pálpebra, no caso da blefaroplastia superior; e na linha rente aos cílios, quando é realizada nas pálpebras inferiores. Nos dois casos as cicatrizes são pequenas e muito discretas, e tendem a ficarem imperceptíveis com o passar do tempo.

Benefícios

Os benefícios da blafaroplastia vão desde estéticos até os funcionais para a melhora da visão. No caso da estética, a cirurgia das pálpebras renova o olhar, promovendo uma aparência muito mais jovem e descansada, tratando também as linhas de expressão que surgem ao redor dos olhos. O semblante muda totalmente, não apenas na região dos olhos, mas em todo o rosto.

A blefaroplastia contribui também para a qualidade da visão do paciente, já que a cirurgia amplia o campo visual que foi prejudicado pelo excesso de pele nas pálpebras superiores, que acabam pesando os olhos e atrapalhando a visão.

Não existe uma idade ideal para a realização da cirurgia das pálpebras, ela vai depender da recomendação médica, do grau de flacidez e/ou bolsas de gordura nas pálpebras, do quanto a visão está prejudicada e do grau de insatisfação do paciente com a própria imagem.

Recuperação

A blefaroplastia é um procedimento simples, que não necessita internação, mas deve sempre ser realizada em local apropriado. A Clínica Patrícia Holderbaum possui um bloco cirúrgico completo, cumprindo todas as exigências dos órgãos competentes, e com todo o conforto e praticidade necessárias.

A recuperação leva em torno de 15 dias, período em que o paciente deve tomar alguns cuidados que serão recomendados pelo médico. Os resultados finais da blefaroplastia podem ser observados após o 3º mês da realização da cirurgia.

Agende sua consulta Agende sua consulta

Agende sua consulta

Tem alguma coisa no seu rosto ou corpo que não está te fazendo feliz? Então agende uma consulta e deixe a gente cuidar da sua saúde, da sua imagem e da sua autoestima!

Topo
Open chat